domingo, 26 de setembro de 2010

Que altura seu filho vai ter?


Algumas crianças são baixas porque não produzem o hormônio do crescimento. Outras por questões genéticas ou influências do ambiente. Fórmula faz uma estimativa de quanto seu filho vai crescer.

Como pai e mãe, a ansiedade para que tudo dê certo com seu filho sempre vai acompanhar você – e a última coisa que qualquer um quer, claro, é que ele cresça em desvantagem. Essa preocupação explica por que é cada vez maior o número de pais em consultórios com a mesma queixa: “Meu filho é baixinho”. E a reclamação se agrava diante das estatísticas que mostram que a estatura da população mundial aumenta a cada ano. São dois motivos: hoje as condições de vida são melhores que há 100 anos, permitindo que mais pessoas tenham uma alimentação rica em nutrientes, vitaminas e minerais. A segunda razão é o avanço da medicina. As crianças ficam doentes menos vezes, há mais vacinas e melhor atendimento médico. Assim, mesmo quem tem um filho na estatura média acaba achando que ele é baixo e vai procurar um médico.

Segundo os especialistas, 90% das crianças que visitam o endocrinologista não têm problemas hormonais. No Brasil, a estimativa é de uma criança com deficiência do hormônio do crescimento (HCG) para cada 5 mil. E quando esses casos aparecem, não é o pediatra que dá o aviso, e sim a mãe. “No momento em que ela coloca o filho na escola, logo percebe que a altura dele está abaixo da média”, diz Ricardo Botticini Peres, endocrinologista do Hospital Albert Einstein (SP) e professor da Universidade Federal de São Paulo. A história é quase sempre a mesma: a criança acompanha as curvas de crescimento, que indicam se tem um desenvolvimento satisfatório. Mas, a partir do segundo ano de vida, fica abaixo do mínimo aceitável, ou seja, do segundo padrão da curva. Esse pode ser o primeiro sinal de problemas no crescimento.


A altura que seu filho vai ter:

Você vai calcular o que os médicos chamam de potencial genético da criança. É uma estimativa. Do resultado final, subtraia ou some 10, para estimar a altura mínima e a máxima. Faça a conta em centímetros. Ex.: 1,70 m = 170 cm.

Altura da filha = (Altura do pai + altura da mãe - 6,5) / 2

Altura do filho = (Altura do pai + altura da mãe + 6,5) / 2

Fatores que afetam o crescimento

Genética: é responsável por 90% da altura. • Alimentação: se a criança não come bem, o crescimento dela não vai ser o ideal – ela pode, sim, crescer menos. Comer doces ou tomar refrigerante antes da refeição ou substituí-la por leite e não comer legumes e verduras são os problemas mais comuns.

Doenças: se seu filho nasceu com algum tipo de deficiência, ele pode ter problemas de crescimento. Doença celíaca e graves desordens intestinais são alguns deles, por exemplo.

Sono: crianças que não dormem a quantidade de horas necessárias para a idade podem crescer menos. O motivo: a maior parte do hormônio do crescimento é liberada no organismo durante a noite.

Condição emocional: traumas, tensão, maus-tratos etc. podem interferir no crescimento.



A AnaLu é uma das mais altas da sua turminha, isso me surpreende, porque o Mau tem 1,73m e eu 1,59m. Segundo a fórmula ela será mais alta que eu, terá 1,595m, ufa! hahahahaha!

10 comentários:

Trícia disse...

Ai meu Deus...fiquei com medo agora. Fiz o cálculo primeiro com a altura dos meus pais e bateu bem próximo da minha altura.

Depois tentei da Gigia: tenho 1,86 e meu marido 1,81 - se tudo estiver certo, a Gigia (pela fórmula) terá 1,80 (variando entre 1,70 - 1,90...ai meu DEUS!)

Será?

Obs: Pela fórmula, a altura do meu irmão variaria entre 1,82 e 1,92. Erraram por alguns poucos centimetros. Ele tem 2,06 (hehehehehehe)...

Anônimo disse...

Ola Kelly, gostei muito dessa informação sobre a altura, não sabia que tantos fatore poderiam interfirir no creacimento.

bjus e Parabens
Lu(equipe caramelo)comu bbs de novembro /2009

m.debiasi disse...

Muito interessante... veja só:

Altura do filho = (Altura do pai + altura da mãe + 6,5) / 2

1,72 + 1,68 / 2 = 1,70

A altura do Lucas será 1,70? rsrsrs

Bjos, obrigada pelas informações
Morgana

cela disse...

Oiie
Kelly.. Muito interessante esse assunto. Gostei muiito

Marcela

Eli, mamãe de Davi disse...

Kelly, bom dia!
Parabéns mais uma vez pelo tópico sobre altura dos nossos filhos. Muito interessante...Segundo a formula, meu pequeno Davi terá 1.83m.
Beijos

Nina.fabiano disse...

Olá Kelly...bom dia

Nossa q interessante esse assunto heim,são tantas coisas q podem interferir no crescimento dos nossos filhos, nem imaginava, já anotei aqui a continha pra fazer depois q o marido chegar pq naum sei qto ele mede...hehehe
quero só ver se meus pimpolhos vão ser altos como o pai, ou baixinhos como a mãe...rsrsrsrs

Bjos pra vc e sua princesa..

Déia Eq CARAMELO disse...

Oiie
Kelly.. Muito interessante esse assunto. Gostei muito
Adorei o Blog, Parabens

Andréa Eq caramelo comu bb nov 2009

Fabi disse...

Adorei pelos cálculos a Mi vai ter a minha altura 1.64, queria que ela foi mais alta um pouco e o Matheus quase igual ao pai 1,71 o Mau tem 1,72...

Mariana Hart disse...

ahhahaha...será mais alta que vc foi ótEmo!hahaha!

Olha,fiz aqui mas acho que não deu muito certo não!rs...

Com Pedro deu 1,77,acho impossível pq o pai tem 1,80 e a família só tem cavalos de 1,90!rsrs...e Stella deu 1,65, como pode se com 10 anos ela já tem 1,53!?hauhuahuahua...ela faz até acompanhameto com endocrino!

Eu hein!!!!!rs!:)

Mariana Hart disse...

Sabe que acho um charme mulher baixinha?!Qdo eu era amis nova meu sonho era ser baixinha,por isso eu vivia corcunda!huahuahuuhhuaaa

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails