sábado, 11 de setembro de 2010

O Preço de um Filho


O governo americano calculou recentemente o custo para criar um filho, do seu nascimento aos 18 anos, e chegou a US$160 mil para uma família de classe média.
O valor é chocante! E esse valor não cobre a formação escolar.
Mas US$160 mil não é tão ruim assim, se você parcelá-lo.
Ele se traduz em:
US$8.896,66 por ano,
US$ 741,38 por mês, ou US$ 171,08 por semana. Ou meros US$24,24 por dia. Cerca de um dólar por hora.

O que você ganha com US$160 mil?
Direito de dar nomes. O primeiro, o do meio e o último.
Olhares de Deus todos os dias.
Risadinhas debaixo das cobertas todas as noites.
Mais amor do que seu coração pode suportar.
Beijos jogados no ar e abraços apertados como velcro.
Infinitas admirações por pedras, formigas, nuvens e biscoitos.
Uma mão para segurar, normalmente suja de geléia ou chocolates.
Um parceiro para fazer bolhas de sabão, soltar pipas.
Alguém para fazer você rir como bobo, não importa o que seu chefe tenha dito, como as bolsas de valores se comportaram nesse dia ou se há outro escândalo de corrupção.

Por US$160 mil, você não precisará crescer nunca.
Você deve ter os dedos sujos de tinta, modelar abóboras, brincar de esconde-esconde, pegar vagalumes, e nunca parar de acreditar em Papai Noel.
Você terá uma desculpa para continuar a ler as Aventuras do Ursinho Puff, assistir desenhos do Barney, Irmãos Coala no sábado pela manhã, assistir filmes da Disney e fazer pedidos a estrelas.
Você recebe molduras de arco-íris, de corações ou flores sob imãs de geladeira; conjunto de mãos impressas em argila para o Dia das Mães e cartões com letras viradas para o Dia dos Pais.

Por US$160 mil, não há outro jeito mais fácil de ficar famoso.
Você é um herói apenas por recuperar um Frisbee do telhado da garagem, retirar as rodinhas da bicicleta, remover uma farpa em dedinho, encher uma piscina de plástico, fazer bola de chiclete sem estourar e outras maravilhas que só um filho se encantaria.
Você tem lugar na primeira fila da “história” como testemunha, dos primeiros passos, das primeiras palavras, do primeiro sutiã, do primeiro namoro, e da primeira vez que se assentar atrás do volante de um carro.
Você fica imortal. Você tem um novo braço na sua árvore genealógica e, se tiver sorte, uma longa lista de membros no seu obituário, chamados netos e bisnetos.
Aos olhos de uma criança, você localiza-se logo abaixo de Deus.
Você tem poder para curar um choro, espantar os monstros que estão debaixo da cama, remendar um coração partido, cultivá-los sempre e amá-los sem limites.
E assim algum dia, eles como você, amarão sem medir os custos.

Ame e curta seus filhos!

É um investimento com um retorno que você jamais sonharia e uma garantia de elevar como nunca sua auto-estima.

Um comentário:

Trícia disse...

Ter filho é um presente de Deus. Envolve gastos, preocupações, as vezes um pouco de stress, dúvidas...mas tb muitos beijos, abraços, olhar carinhoso e muito amor.

Nada melhor no MUNDO!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails