quinta-feira, 24 de junho de 2010

Emoções


Logo no início da gestação, a futura mamãe já tem uma certeza: conviver com a complicada gangorra de emoções que caracterizam a gestação.

Num dia acorda bem, feliz, e acha o máximo aquela "barriguinha". No outro, não quer nem olhar para o espelho e enfrenta um insuportável mau humor.

Pois é... a gravidez não é tão rósea como te contaram. Existem todas as mudanças físicas, associadas aos hormônios, bem como a insegurança e a ansiedade, sentimentos que sempre acompanham as situações novas.

Gestar é lidar com algo completamente novo, desconhecido, a mulher fica naturalmente mais sensível, apreensiva e até chorosa.

Uma gestação dura 4 trimestres. Isso mesmo, 1 ano inteirinho! São 9 meses com o bebê dentro da barriga e 3 com ele no colo.

Primeiro trimestre: Período de descobertas e de muita instabilidade. O corpo ainda não se modificou muito, mas dúvidas não faltam à gestante: se é a hora certa para ter um bebê, se será boa mãe, se o bebê será perfeito, se o marido continuará gostanto dela mesmo barriguda, etc.

Como resultado de tanta ansiedade, uma queda da libido e um estado de irritação constante.

Daí podem surgir também os enjôos, desmaios e crises de choro, que funcionam como símbolos inconscientes, mas muito concretos dessa gestação.

Segundo trimestre: Aí vem um período de paz. Agora seu corpo já assumiu os contornos da gravidez, seu bebê já aparece na tela do ultra-som e o futuro pai já se sente mais encorajado a se aproximar da barriga. Provavelmente, você terá muitos momentos de alegria com esse bebê mexendo, e sua disposição estará em alta.

Terceiro trimestre: De novo as preocupações com o bebê voltam à tona, acompanhada da ansiedade e temores em relação ao parto.

Quarto Trimestre: Agora seu filho já está no colo e esse é o melhor lugar para ele nesses primeiros 3 meses, mesmo porque ele não sabe que nasceu (portanto não vai ficar mal-acostumado). Mas ele sente saudades da barriga e só o contato com você pode ajudá-lo a sentir-se confortável.

Aproveite mais um pouquinho essa gestação que continua, só que externamente.

Dicas para todos os meses:

* Nos momentos mais difíceis, respire fundo, beba um copo de água e lembre-se que é uma fase transitória, quer dizer, que logo passa.
* Não guarde as dúvidas e medos só para si, divida com seu médico, amigas e seu companheiro.
* Procure um bom curso para gestantes e uma atividade física como hidroginástica, yoga ou relaxamento.
* Reserve alguns minutos diários para cuidar de si mesmo e do seu corpo grávido.

Clarice Skalkowicz Jreissati

Fer, mãe do Ben e Levi

6 comentários:

disse...

...ai q delicia de post... ai q vontade de ver a barriga crescendoooo!!! Kelly vc me "atiça as bichas"!!!

Bjsssssss

Bla bla blás de uma gravidez... disse...

Apesar de ja estar experiente nesses assuntos grávidos, eu adoro ler estes posts!
Eu ja sou um poço de ansiedade sem barriga, imagina com barrigão então.. uma manteiga derretida!

Pam... pra que passar tanta vontade assim? kkkkkkkkkkkkk

bjos

Nós por Nós disse...

Ai é vdd, acho que vou parar de vir aqui! Até eu to ficando com vontade...
A propósito e vc amiga, qdo vai ficar de barrigão de novo?

chelly disse...

Cunhada que vontade usar essas roupitias, pq uma mulher grávida, é muito lindo né....mas por enquanto vou ficar só admirando as outras belas mamães...ehehe..bjsssss

♥ Mamãe da Ana Luiza ♥ disse...

fabi, isso é assunto p/ outro post! rsrsrs

gravidinha disse...

ai q delicia relembrar tudo isso,eu ñ passei as ansiedades do 1ºtrimestre(sempre me descubro gravida quase aos 4meses)e eu tbm curti muito os meninos no colo...por muito tempo,ate pq o sling me ajudou muitoooooo!!
amei me ver no blog linda....eu me senti tao linda agora!!hehehe

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails