segunda-feira, 12 de julho de 2010

Superideias de brincadeiras

Ideias bacanas de brincadeiras para você aproveitar o tempo livre com seu filho:

Fazer uma criança feliz pode ser mais simples do que você imagina. Materiais acessíveis, como papéis, garrafas de plástico e tintas, são suficientes. “Nas brincadeiras livres, há a maior possibilidade de a criança explorar seu imaginário e sua criatividade, e isso consequentemente afeta de forma positiva seu desenvolvimento e também sua aprendizagem”, defende Aliandra Mesomo, pedagoga com mestrado e doutorado em educação pela Universidade de São Paulo.

Enquanto muitos pais se preocupam em encher os filhos de atividades e cursos, pedagogos recomendam que se preserve um tempo ocioso para que eles brinquem sem regras. “Pela ansiedade dos pais e pela quantidade de atividades que uma criança tem, quase não resta tempo para a brincadeira livre”, observa Fernanda Potenza, professora e artista plástica. Fernanda conduz com mais duas profissionais, Camila Di Giacomo e Tamara Carettoni, o Atelier Sucatinha de Luxo, onde recebem turmas de até cinco alunos para oficinas de arte que englobam atividades de pintura, modelagem em papel machê e até de plantio. “Não temos a pretensão de transformá-los em artistas com nossas oficinas, mas estimular e torná-los confiantes”, exalta.


1. Dia de fotografar:

Caio Vilela, fotógrafo, pai de Tomás, 6 anos, e dos gêmeos Arthur e Martin, 3, decidiu arriscar nesse último Dia das Crianças. Ele vai levar o mais velho para uma aventura: uma expedição pelo litoral de Búzios, no Rio de Janeiro. “A minha intenção é explorar trilhas no litoral, deixá-lo se sentir adulto e dormir acampado em barraca. É claro que reservei um chalé próximo à praia em que ficaremos como o plano B. Ele servirá tanto para guardar alguns utensílios como para as emergências”, diz o pai de Tomás. Essa é a primeira vez que Caio arrasta o pequeno para uma viagem sem a mãe: “Ainda não sei como será a reação. Até agora, ele se mostrou empolgado com os preparativos e já se autodenomina ‘fotografista de caminhagem’”. Sim, levar uma criança para o meio do mato é uma ideia bastante inusitada e requer vários cuidados, mas deixar a máquina fotográfica na mão de seu filho nem tanto. E é o que sugerimos aqui. Tomás já se lançou como “fotografista” antes. Com a ajuda do pai, começou a futricar a máquina ainda com 4 anos. “No começo, ele tirava fotos de qualquer jeito, mas aos poucos foi aprendendo algumas noções e agora já se preocupa com o enquadramento e faz fotos legais.” O zoológico, um parque, uma praia e um quintal são boas locações para começar. Mas não o deixe fotografando somente paisagens.

AnaLu ja brinca com a maquina digital desde 1 ano. Hoje ela faz fotos otimas!
Foto dos bisas tirado por ela em dezembro de 2009

Amanhã tem mais idéias, não perca!

Um comentário:

Nós por Nós disse...

Nossa o Matheus tbm adora fotografar... as vezes eu encontro fotos na câmera de cada coisa!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails