terça-feira, 22 de junho de 2010

Gestantes e a Odontologia!

Você tem receio de ir ao dentista porque está grávida? Saiba que esse período merece atenção especial dos dentes. Isso porque, com as alterações hormonais na gestação, não é raro surgir um problema na boca.

A gestante “pode” receber tratamento odontológico em qualquer mês da gravidez. O que deve ser avaliado é a real necessidade desse tratamento, ele é realmente prioridade naquele momento? No primeiro trimestre, onde o bebê está passando pelo principal momento de sua formação, deve-se evitar uso de medicamentos e exposição ao raio-X. Somente se for realmente necessário o tratamento, o dentista avaliará o caso, e tomará medidas de proteção necessárias. O 2º trimestre(4º à 6º mês) seria o mais indicado para realizar o tratamento odontológico. Já no 3º trimestre também não é indicado o usado de medicamentos e anestesias, que podem até induzir contrações e acelerar o trabalho de parto. Diante da real necessidade do tratamento odontológico, junto com o medico obstetra da paciente será escolhido o anestésico correto e em quantidade ideal para cada caso.
O ideal é a gestante antes de planejar engravidar, fazer uma consulta ao cirurgião-dentista, avaliar a presença de cáries, de possíveis focos de infecção e avaliar a saúde gengival, evitando assim futuros problemas na gestação. Desta maneira, ela pode antecipadamente realizar seu tratamento, e já será orientada sobre cuidados básicos de saúde bucal durante a gestação.
Muitaa gente diz que os dentes "estragam" com mais facilidade durante a gravidez, mas isso não é verdade. O que acontece realmente, é que devido a mudanças hormonais, aos vômitos freqüentes pelos enjôos, a maior ingestão de doces, muitas mulheres dizem que durante a gestação tiveram sérios problemas bucais. O vômito deixa a boca mais “ácida”, o que tendencia o aparecimento de cáries. As mudanças hormonais influenciam principalmente na saúde gengival, que tende mais a gengivite, deixando a gengiva sangrante, avermelhada e dolorida. Mas desde que haja correta higienização esses problemas são minimizados.
Alimentos ricos em sais minerais como o cálcio são de extrema importância que estejam presentes da alimentação da gestante, pois partipam da formação do esqueleto do bebê. Na gravidez, a necessidade de cálcio aumenta em torno de 50%, e na falta desse, a gestante poderá ter alguns problemas, onde o hormônio paratireóideo começa a retirá-lo dos ossos da gestante para usá-lo na formação do esqueleto do bebê.
Por fim, uma gestante deve caprichar na higiene bucal e ter os mesmos cuidados do que qualquer pessoa. Ou seja, fazer uma boa escovação pelo menos três vezes ao dia, usar fio dental, e enxaguatorio bucal quando prescrito pelo dentista. E claro..curtir o momento..!!





Jenny, a dentista:
Uma foto para vcs conhecerem a dentista mais linda do mundo!
Contato: 35264664

3 comentários:

Mulher e Mãe disse...

Nós do Mulher e Mãe amamos o blog! Você tem dicas e posts ótimos para as mamães!
Bem, sou agente de uma rede social específica pra mulher e mãe. Gostaria de manter contato com você.
Nosso twitter é @redemulheremae, nosso facebook é http://bit.ly/ahJg16 e nosso orkut é http://bit.ly/b4i1vX
Espero que goste, interaja e troque ideias. A casa é nossa!

Beijo!
Carolina Cruz ~ Equipe Mulher e Mãe

Bla bla blás de uma gravidez... disse...

Dicas ótimas Kelly, e eu como estou querendo ser mamãe denovo to adorando passar por aqui!

disse...

...hum como pretendo um dia ter os meus filhotes sempre leio tudo com a maior atenção... confesso que as vezes não comento, pq não tenho mta prática, mas sempre leio tudinho!!! ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails